O Clips da Lua

O Clips da Lua

Há algum tempo tenho ido a um bar em Curitiba.

Ali encontro figuras animadas e com riquíssimas memórias das várias características da urbe, capital paranaense.

Cada mancebo frequentador tem uma infinidade de histórias e estórias fabulosas.

Bar é descontração onde se ri muito e desopila-se o fígado!

Até dá pra tomar mais uma com moderação!

Existe apenas um garçom que atende por “Alemão”.

Nem é preciso dizer que é um “negão” simpático e cheio de sacadas bem humoradas… Além das “pegadinhas” que prepara todos os dias para “sacanear” os novos frequentadores.

Muitas vezes pega até mesmo os frequentadores mais antigos por causa da memória de alguns mais idosos!

Todos se divertem muito!

O alemão é uma figura que circula ouvindo tudo que falam nas mesas disformes do “boteco” e é invólucro da liberdade do pensar.

Ele pediu que fosse postada uma foto onde aparecesse o fundo de opções das bebidas do Stuart.

Vá lá então:

Tem “pinga” e adstringentes pra dar de pau!

O responsável pelo meu reencontro com esse lugar de magias no centro de Curitiba foi o amigo Antonio Carlos Coelho.

Eu e o Coelho por ocasião de um almoço no restaurante e bar Texas Grill.

Andando pela região central mais miscigenada da cidade, encontramos todos os tipos de gente.

Pobres e ricos!

Pedintes e doadores!

Até uma Fontana existe naquela praça.

Fui apresentado ao José Trindade… Ou apenas Zezinho!

Outras alcunhas também o identificam, como Sereno por exemplo.

Passeando e proseando eu fui ciceroneado pelo mito Zé Trindade.

Abaixo, na foto, Jorge e Zé Trindade no primeiro plano.

No trio do segundo plano nós vemos o Ernani, o Coelho e eu em pé.

A foto foi tirada pelo Nelson Ferri, proprietário do Bar Stuart.

Que turma boa!

Voltando ao “papo” do alemão, quando passa alguma moça mais ousada no vestir, ele sempre faz um som para chamar a atenção dos mancebos frequentadores do bar:

Sucessss! Sucessss!

Todos voltam os olhares para a calçada!

Um dia eu perguntei se ele estava triste ou cansado.

Sua fisionomia era de pensativo e observador.

Ele respondeu:

Ontem eu espetei 60 quilos de carne!

Perguntei:

Onde foi o churrasco?

A resposta veio imediata:

Que churrasco cara?

Minha mulher pesa 60 quilos!

Hehehe!

Pegadinhas constantes na postura de um bom garçom que sabe fazer rir os clientes.

Afinal, rir é o melhor remédio.

Assim o tempo passa e a descontração faz do lugar um grande laboratório de psicanálise.

Outro dia cheguei ao bar e logo o alemão me perguntou se eu tinha visto o eclipse da lua ontem!
Perguntei:

 Pô alemão!

 Tá de sacanagem comigo?
Em um segundo veio à prova!
O alemão do bar do Stuart trouxe O Clips da Lua!

Daí…

Fica um velho provérbio escocês:

Nunca confie num homem que não bebe!

E não encham o meu saco…

Pode causar um Trauma Testicular Abrupto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *