Na Moral

Na Moral

Tá ligado? É nóis… Tá me tirando?

Será esse o caminho da “evolução” cultural no Brasil?

Quando nos deparamos com “filósofos” dessa ordem e que já governaram a nação dizendo:

Crise

É uma crise causada, fomentada, por comportamentos irracionais de gente branca, de olhos azuis, que antes da crise parecia que sabia tudo e que, agora, demonstra não saber nada.

Amor

Uma mulher não pode ser submissa ao homem por causa de um prato de comida. Tem que ser submissa porque gosta dele.

Sem contar com afirmações “sábias” como:

Minha mãe nasceu analfabeta!

Ou quando ouvimos de outra cavalgadura da “sabedoria”, na sucessão presidencial da República das Mandiocas, falar e não dizer absolutamente nada, atropelando a língua portuguesa e a lógica, assassinando o verbo em destempero e despreparo:

Pátria Educadora da Presidenta?

Terra curva

Eu, para ir, eu faço uma escala.

Para voltar, eu faço duas, para voltar para o Brasil. Neste caso agora nós tínhamos uma discussão.

Eu tinha que sair de Zurique, podia ir para Boston, ou pra Boston, até por que…

Vocês vão perguntar, mas é mais longe?

Não é não, a Terra é curva, viu?

O que ela queria dizer: Que a escala feita em Portugal na volta de Zurique era justificável.

Estradas de água

Esse país foi descoberto, foi colonizado através das estradas de água.

Essas estradas de água são a forma mais barata de transporte.

O que ela quis dizer: Estradas de água não existem.

Se existissem e o Atlântico fosse considerado uma delas, talvez a referência ao descobrimento fizesse sentido.

Árvores plantadas pela natureza

A Zona Franca de Manaus, ela está numa região, ela é o centro dela porque é a capital da Amazônia (…). Portanto, ela tem um objetivo, ela evita o desmatamento, que é altamente lucrativo – derrubar árvores plantadas pela natureza é altamente lucrativo.

O que ela queria dizer: Que a Zona Franca de Manaus oferece uma alternativa econômica ao desmatamento. Em tempo: Manaus é a capital do Estado do Amazonas.

Chuchar

Nós sabemos, e eu já estive aqui várias vezes antes, que essa é uma cidade arborizada, cercada por rios, e que tem essa interessantíssima característica de ter muitas mangueiras.

De fato, deve ser muito bom morar numa cidade que de repente você pode chuchar uma árvore e cair uma manga na sua mão.

É de fato algo que todo mundo quer, é pegar e ter acesso a uma boa manga.

O que ela quis dizer: O sentido de “chuchar” nesse contexto ainda é um mistério.

Cachorros

É interessante que muitas vezes no Brasil, você é como diz o povo brasileiro, muitas vezes você é criticado por ter o cachorro e, outras vezes, por não ter o mesmo cachorro.

Esta é uma crítica interessante que acontece no Brasil.

O que ela queria dizer: Que os críticos muitas vezes são injustos.

Ciência

E nós criamos um programa que eu queria falar para vocês, que é a Ciência sem Fronteiras.

Por que eu queria falar da Ciência sem Fronteiras para vocês? É que em todas as demais…

Porque nós vamos fazer agora o Ciência sem Fronteiras 2.

O 1 é o 100 000, mas vai ter de continuar fazendo Ciência sem Fronteiras no Brasil.

O que ela quis dizer: A segunda etapa do programa “Ciência Sem Fronteiras” é essencial, apesar de a primeira edição do programa ter atendido 100.000 estudantes. Enquanto eu fico estarrecido com tamanha desenvoltura intelectual ela fala de Cultura!

Criar cultura

A cultura permite isso, permite que a gente perceba como a vida é diversa, e como ela permite que nós sejamos capazes de criar cultura e, como espectadores ou consumidores de livros, de filmes, de curtas, de televisão, enfim, de todas as telas, que a gente sinta uma imensa alegria no coração.

O que ela quis dizer: A cultura nos permite criar cultura e sentir alegria.

Dez mil

O que é 10. 000?

O que ela quis dizer: Que ela prefere manter 150 000 reais em espécie dentro de casa a lucrar 10 000 por ano aplicando esses recursos na poupança.

Bacalhau

O bacalhau é uma moleza de fazer.

Posso falar, é simplíssimo o bacalhau.

Você corta várias coisas, bota uma camada, bota outra, bota, você vai ver o bacalhau… Agora, é sem reclamações, sem reclamações. Tchau. Ah, não, não pode reclamar, porque senão não tem graça.

O que ela quis dizer: Que o bacalhau é uma moleza de fazer.

Corrupção

Não acredito que tenha alguém acima da corrupção. Acho que todo mundo pode cometer corrupção.

O que ela quis dizer: Que é preciso ter mecanismos eficientes para punir corruptos.

SENAI para economista

Eu acho Elizabeth, que seria interessante que você olhasse entre os vários cursos que tem sido oferecido inclusive pelo SENAI.

O que ela quis dizer: Que uma economista com 55 anos de idade deve fazer um curso técnico para arranjar um emprego.

Mano Brown

Assim, como todos merecem a oportunidade de conhecer e se emocionar com as letras pungentes dos raps cantados por Mano Brown, cada homenageado, e cada homenageada dessa edição da Ordem do Mérito Cultural assim como todos que vivem intensamente a sua opção pela cultura merecem nossas homenagens.

O que ela quis dizer: Mano Brown é autor de letras pungentes e os homenageados merecem homenagens.

Submarinos

Essa unidade principal do prédio… Que constitui a unidade principal, o prédio principal desse complexo de estaleiro de construção de submarinos, ela se constitui em mais um passo, mais um passo para fazer aqui o complexo naval de Itaguaí, um verdadeiro polo tecnológico, um polo industrial de imensa relevância para o nosso desenvolvimento, para o desenvolvimento do nosso país.

O que ela quis dizer: Uma explicação cheia de ecos sobre a construção de submarinos.

É verdade Pátria Educadora!

O que dá pra rir… Dá pra chorar!

Seria cômico se não fosse trágico!

Na Moral

Tá ligado? É nóis… Tá me tirando?

Se os líderes da República das Mandiocas detêm tamanha sabedoria e cultura, tendo os “professores” formados por uma esquisita política comunista, não poderia ser diferente no ENEM:

“O calor é a quantidade de calorias armazenadas numa unidade de tempo”.

“O Ateísmo é uma religião anônima”.

“A fé é uma graça através da qual podemos ver o que não vemos”.

“A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzir e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo”.

“A ciência progrediu tanto que inventou ciclones como a ovelha Dolly”.

“Os dois movimentos da Terra são latitude e longitude”.

“O dia tem 24 oras, mas 8 delas são noite”.

“Ângulo é duas linhas que vão indo e se encontram”.

“A alimentação é o meio de digerirmos o corpo”.

“Uma tonelada pesa pelo menos 100 kg de chumbo”.

“Lenini e Stalone eram grandes figuras do comunismo na Rússia”.

Depois dessa eu peço pra ir ao banheiro e me retiro do recinto!

Sem antes fazer algumas conjecturas sobre a Pátria Educadora.

Lendo:

Atentei para o seguinte, na contra capa do livro:

Quais são as razões da profunda crise na escola?

É possível encontrar uma espécie de vírus no gene de nossa sociedade e de nosso sistema educacional?

Podemos concluir que é urgente uma redefinição do papel da escola e de suas prioridades?

Inúmeros pais e educadores testemunham, estupefatos, a revolução em curso.

Interrogam-se sobre as profundas mutações que de forma acelerada vêm ocorrendo em nosso sistema educativo.

Porém, nenhum governo, seja de direita ou de esquerda, vem a público esclarecer os fundamentos ideológicos dessas constantes reformas no ensino e tampouco se preocupam em apresentar, de forma clara, as coerências e os objetivos dos métodos adotados.

Mas que ainda tudo nos pareça muito obscuro, podemos encontrar todas as respostas na filosofia da revolução pedagógica, que se expõe, em termos explícitos, nas publicações dos organismos internacionais como a UNESCO, a OCDE, o Conselho da Europa, a Comissão de Bruxelas e tantas outras…

… As técnicas de manipulação psicológica, que não se distinguem muito das técnicas de lavagem cerebral (os grifos são meus), estão sendo utilizadas de forma maciça.

Naturalmente os alunos são as primeiras vítimas; porém, os educadores e também o pessoal administrativo, diretores, pedagogos e até mesmo inspetores, não estão sendo poupados.

Essa revolução silenciosa, antidemocrática e totalitária, quer fazer dos povos meras massas ignorantes e totalmente submissas à classe governante.

Ela ilustra de maneira exemplar, a filosofia manipuladora e ditatorial que tem abrigo na chamada Nova Ordem Mundial. (o grifo é meu e esse assunto é tema para outra análise).

Tal filosofia é imposta por meio de ações sutis e indiretas, porém poderosíssimas, gerando resultados catastróficos à inteligência humana.

Na Moral

Tá ligado? É nóis… Tá me tirando?

Será esse o caminho da “evolução” cultural no Brasil?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *