As Meninas da Cidade

As Meninas da Cidade

Boa parte da minha tenra infância morei na casa dos meus avós paternos.

Meus avós maternos moravam em frente.

Rua Marechal Deodoro em Curitiba no Paraná.

Era constante aquela geração ouvir pelo rádio Nhô Belarmino & Nhá Gabriela.

Consagrada como a dupla sertaneja mais famosa de Curitiba.

Foi o nome artístico do casal formado por Salvador Graciano e de sua esposa Júlia Alves Graciano.

Um ano antes de eu vir ao mundo, em homenagem à dupla, a Cidade de Curitiba criou a fonte Mocinhas da Cidade, localizada no centro da capital paranaense e cujo título é uma homenagem à composição de mesmo nome.

 Esta canção foi gravada pela primeira vez nos anos de 1950 sendo o maior sucesso da dupla.

Daí… Veio a minha primeira década aqui na Terra!

Predominava no Brasil uma população rural, voltada ao trabalho do campo e a uma vida simples, com quase nenhuma tecnologia à disposição, com exceção de alguns raros aparelhos de rádio.

Logo que comecei frequentar o curso primário no Colégio Santa Maria, era levado por algum parente mais próximo.

Não demorou muito para que eu fosse sozinho devido à proximidade do colégio com a casa dos meus avós na esquina das ruas Marechal Deodoro e General Carneiro.

Era mais difícil ver As Meninas da Cidade, já que o colégio era só para meninos.

Lembrei-me das vestimentas dos convivas em meu aniversário no interior do Estado.

Principalmente das mocinhas com saias abaixo dos joelhos.

Isso foi em Reserva, onde meu pai era Promotor Público.

Na foto aparece minha vó Adelaide com seu afiliado Luiz Aurélio, minha mãe Débora ao lado com meu pai Zanoni e meu avô João Quadros Gonçalves.

Na cadeirinha estava o Ricardo, quatro anos mais novo que eu, amparado por uma mocinha que atendia por Miloca… Eu acho!

O meu irmão caçula Vinicius só nasceu uns dez anos depois em Bela Vista do Paraíso.

Voltando á Curitiba, os anos 50 foram marcados por grandes avanços científicos, tecnológicos e mudanças culturais e comportamentais.

Era a década em que começaram as transmissões de televisão, provocando uma grande mudança nos meios de comunicação.

No campo da política internacional, os conflitos entre os blocos capitalista e socialista (Guerra Fria) ganhavam cada vez mais força.

 A década de 1950 é conhecida como o período dos “anos dourados”.

No site SuaPesquisa.com encontrei um resumo de alguns fatos marcantes:

Principais acontecimentos dos Anos 50

Ciência e Tecnologia:

Em 1957, o Sputnik II coloca, em orbita da Terra, o primeiro ser vivo, a cadela Laika.

Em 1953, Francis Crick e James Watson apresentam a descrição da estrutura do DNA.

Criação da NASA em 20 de julho de 1958.

Comunicações:

A TV Tupi, inaugurada em setembro de 1950, é o primeiro canal de televisão da América Latina.

Lançamento do primeiro satélite, o Sputnik I (1957).

Guerras e Conflitos:

Começa a Guerra da Coreia em 25 de junho de 1950. A guerra termina em 27 de julho de 1953.

Em plena Guerra Fria é assinado, em 1955, o Pacto de Varsóvia (tratado de defesa militar que envolvia os países socialistas do leste europeu, comandados pela União Soviética).

Em 1959, ocorre a Revolução Cubana.

 O líder da revolução, Fidel Castro, torna-se presidente de Cuba.

Começa, em 1959, a Guerra do Vietnã.

Em 1950, a Líbia se torna independente da Itália.

Criação do Pacto de Varsóvia, em 1955, bloco militar integrado pelos países socialistas, sob o comando da União Soviética.

Cultura e Arte:

No dia 20 de outubro de 1951, é inaugurada a I Bienal Internacional de Arte de São Paulo.

Política:

No dia 6 de fevereiro de 1952, Elizabeth II torna-se rainha da Inglaterra.

Em 24 de agosto de 1954, ocorre o suicídio do presidente do Brasil Getúlio Vargas.

Em 16 de setembro de 1955, um golpe militar na Argentina tira do poder o presidente Juan Perón.

Em outubro de 1955, Juscelino Kubitschek (JK) é eleito presidente do Brasil.

Economia:

Criação da empresa estatal Petrobrás, em 1953.

Assinado o Tratado de Roma, em 1957, estabelecendo a Comunidade Econômica Europeia (CEE).

Música:

Com muito rock e um estilo dançante, Elvis Presley começa a fazer sucesso em 1956.

O estilo musical brasileiro Bossa Nova começa a fazer sucesso.

 Os maiores representantes deste movimento foram: Tom Jobim, Vinícius de Morais e João Gilberto.

No final da década de 1950, é formada a banda de rock Beatles.

A ideia deste resgate foi assistindo uma belíssima produção da novela Eta Mundo Bom.

Com ênfase de que na novela não faltam malandros, cafajestes e vigaristas na trama.

Mas todos eles têm algo em comum:

São lindos de morrer!

 A começar por Ernesto.

Com uma lábia infalível e um pé de valsa daqueles, o vilão conhece Filomena e a convence a fugir com ele para a capital com a promessa de se casar com a bela roceira.

 Mas o mundo de Filó desaba quando os dois chegam a São Paulo.

 Ernesto diz que não vai casar coisa nenhuma e praticamente obriga a moça a se tornar uma dançarina em uma espécie de cabaré.

 E o pior:

 Ernesto fica com a maior parte do dinheiro que ela ganha no local.

As mocinhas da cidade são bonitas e dançam bem!

Dancei uma vez com uma moreninha, já fiquei querendo bem!

Hoje conheço as meninas do interior e As Meninas da Cidade!

Êta Mundo Bom.

Êta Mundo Bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *