Falando com Felino

Falando com Felino

Meu signo é Leão. Felino sim.

Sempre encontro por todas as partes de Israel um “irmãozinho” meu!

Eles também me procuram.

Eles são poliglotas!

Ele me perguntou: “Vamos dar um mergulho nesse lindo mar? ”

Respondi: Está muito frio. Prefiro ficar admirando a paisagem.

Indignado ele virou de lado e ficou olhando o lindo horizonte.

Mesmo dando-me as costas continuou falando: “Você é do Brasil né? ”

Respondi: Como você sabe?

De “bate pronto ele “miou”: “Você é um felino legítimo com sangue cigano! Não fica em lugares onde existe desequilíbrio. Seja bem-vindo e vou providenciar sua carteirinha da confraria dos felinos unidos. ”

Perguntei: Aqui os gatos pretos são de mau agouro?

Comentou: “A superstição teve origem na Idade Média, quando se acreditava que os felinos, devido a seus hábitos noturnos, tinham parte com o demônio.

E se o bichano era da cor negra, habitualmente associada às trevas, pior ainda para ele. ”

Continuou “miando”:

“ Nossos irmãozinhos são afrodescendentes”

Ainda me provocando para entrar no mar, “miou” rindo como se zombasse da minha alma felina:

“Você sabe que o gato “toma banho” com a língua, mas por que ele o faz dessa maneira talvez seja um mistério. O curioso é que em sua superfície, a língua felina possui cerdas que se transformam em uma espécie de escova natural. Portanto eu só iria acompanhar você até onde a água não chega”.

Enfim cheguei a uma conclusão e comuniquei ao meu felino amigo:

Acredito mais em que a capacidade de um gato, assim como os egípcios falavam, eles conseguem com maior facilidade ver os mortos, espíritos ou energias que nós!

Místico, adiciono o meu “olhar” em que a veneração dos egípcios pelos felinos era o fato de os gatos muitas vezes fixarem o olhar no “nada”!

O que significava que eles tinham uma “terceira visão”, enxergando o que os humanos não podiam enxergar. Como o Olho de Hórus, o olho que tudo vê!

Analisando o direcionamento dos olhares registrados no selfie da minha sobrinha neta e do seu lindo felino, fui buscar mais informações sobre o que seria uma Ilusão de Ótica além das questões relacionadas à arquitetura e às artes de modo geral.

Imediatamente veio à tona a anatomia!

No site “Pequenos Felinos – tudo sobre o seu gato”, encontrei uma análise interessante:

A visão é um dos sentidos mais importante para nós, assim também o é para os gatos.

Apesar de ter muitas características diferentes da visão do homem, é igualmente uma visão frontal, contrariamente aos coelhos que possuem uma visão lateral.

Os gatos têm uma visão de 200 graus, amplamente superior à do ser humano, e o seu eixo de visão é também bastante diferente do nosso.

Os pequenos felinos visualizam mais a parte inferior das coisas, os pés das cadeiras, das mesas e dos seres humanos.

Para eles tudo é gigante.

Este é um dos motivos porque os pequenos felinos adoram alturas e sobem em tudo para ficarem com uma perspectiva mais semelhante à do homem.

Os gatos não conseguem ver a menos de 20 cm de distância, por isso eles retiram a comida do prato e comem-na a certa distância.

Contrariamente ao ser humano, os pequenos felinos levam a boca a comida e não a comida a boca.

Na prática eles ajustam a comida a uma distância que consigam ver e depois a agarram às cegas, apenas guiados pelo olfato.

Felizmente o seu cérebro compensa esta falta de visão a curta distância com uma precisão milimétrica.

Ao contrário da visão do ser humano, a visão dos gatos funciona como uma lente de máquina fotográfica. Quando o objeto focado é pequeno, e está distante, a visão do gato consegue fazer zoom e aproximar o objeto dando-lhe definição.

Em termos de cores os pequenos felinos conseguem distinguir sem qualquer problema, mas o que lhes prende a atenção é o movimento. Se não tiver movimento certamente tentará que se mexa dando-lhe pequenos toques com as patas.

Conversa para gato dormir?

Miau! Miau! Amiguinho Felino!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *