O Chip do Chimpanzé

O Chip do Chimpanzé

Estudos apontam que os chimpanzés são parentes próximos dos seres humanos na evolução; eles se separaram do tronco do ancestral comum por volta de 4 a 7 milhões de anos atrás, e ambas as espécies compartilham 98-99% de DNA.

Um circuito integrado, também conhecido por chip, é um dispositivo microeletrônico que consiste de muitos transístores e outros componentes interligados capazes de desempenhar muitas funções. Suas dimensões são extremamente reduzidas e os componentes são formados em pastilhas de material semicondutor. Os circuitos integrados são colocados em quase todos os equipamentos eletrônicos usados hoje, revolucionando o mundo da eletrônica.

Brevemente veremos situações semelhantes à imagem abaixo:

Uma noite dessas, eu e minha mulher ficamos até altas horas da madrugada tentando programar o aparelho do ar condicionado com o controle remoto! Foi um show de histerias! As tantas, um já gritava de lá e outro daqui!

-Isso não é assim!

– Então de que jeito que é?

Embora tenhamos tentado entender o manual de orientação, não conseguimos o desiderato. Tivemos que ligar para a assistência técnica e marcar hora de uma visita! Estamos ficando “burros”? Minha mulher sempre comenta que toda nova tecnologia é excludente! Concordo. Até as embalagens atuais foram feitas para dificultar a vida do “contribuinte”! Ri muito quando li a listinha de compras do supermercado onde ela escreveu em um dos itens: “Coisa de tirar pelos”! Era um daqueles rolinhos com papel cola que se passa nas roupas para tirar resíduos da lavagem, caspas, etc…

Não por acaso, estava lendo ANSIEDADEComo Enfrentar o Mal do Século, de Augusto Cury.

Acho mesmo que estamos sofrendo daquilo que ele denomina SPA, Síndrome do Pensamento Acelerado!

Já no Prefácio da obra ele escreve: “Vivemos numa sociedade urgente, rápida e ansiosa. Nunca as pessoas tiveram uma mente tão agitada e estressada. Paciência e tolerância a contrariedades estão se tornando artigos de luxo. Quando o computador demora em iniciar, não poucos se irritam”.

 Imaginem ficar até altas horas “brigando” com o controle remoto do ar condicionado!

Jean-Paul Sartre disse: “Viver é isso: Ficar se equilibrando o tempo todo, entre escolhas e consequências”!

“O que dá pra rir dá pra chorar. Questão só de peso e medida”! Cantou Billy Blanco.

De repente o telefone toca interrompendo meus pensamentos.

Era uma pesquisa dessas bem “xaropes” que demoram um montão de tempo e você não tem nada a ver com isso!

Desmarquei o dentista porque o encanador viria arrumar um vazamento! Nem uma coisa, nem outra aconteceu!

Aí, bate na “moleira” certo Major Murphy:

Se alguma coisa pode dar errado, dará. E mais, dará errado da pior maneira, no pior momento e de modo que cause o maior dano possível.

Um atalho é sempre a distância mais longa entre dois pontos.

Nada é tão fácil quanto parece, nem tão difícil quanto à explicação do manual.

Tudo leva mais tempo do que todo o tempo que você tem disponível. Se há possibilidade de várias coisas darem errado, todas darão… 

Ou a que causar mais prejuízo.

Muitos filósofos, cientistas, ensaístas e todos os “ístas” do Universo propagam o “Fim dos Tempos”!

Stephen William Hawking, físico teórico, cosmólogo britânico e um dos mais consagrados cientistas da atualidade afirma que robôs vão levar ao fim da espécie humana! Fazendo uma previsão sombria sobre o avanço da inteligência artificial.

Hawking usa diversos sistemas avançados para se comunicar porque sofre de uma doença degenerativa rara nos neurônios, a esclerose lateral amiotrófica.

…robôs vão levar ao fim da espécie humana!

Isso me remeteu ao filme O Planeta dos Macacos cuja sinopse relata que dez anos após a conquista da liberdade, César (Andy Serkis) e os demais macacos vivem em paz na floresta próxima a San Francisco.

Lá eles desenvolveram uma comunidade própria, baseada no apoio mútuo, enquanto os humanos enfrentam uma das maiores epidemias de todos os tempos, causada por um vírus criado em laboratório. Sem energia elétrica, um grupo de sobreviventes planeja invadir a floresta e reativar a usina lá instalada. Malcolm (Jason Clarke), único que conhece bem os símios, tenta agir pacificamente e impedir que o confronto aconteça.

Observando o lixo urbano transformando-se rapidamente em lixo humano, aparece-me James Lovelock, renomado cientista, dizendo que o aquecimento global é irreversível e mais de seis bilhões de pessoas vão morrer neste século.

Esse cientista vai além! Afirma que:

 “A raça humana está condenada”!

“Existe no planeta cerca de um bilhão de famintos”. Ops! Mas robô não come! Chimpanzé sim!

“Metade dos alimentos e refeições produzidos no mundo vai para o lixo”.

Daí, nem chimpanzé com chip ou robô da inteligência artificial darão conta do estrago que o globo terrestre sofrerá!

Pode até matar algum lunático desavisado que não “picou a mula” aqui da terra!

Se vire aí Charles Robert Darwin!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *